Hidro Quente – Aquecimento e Energia em Passo Fundo

Ranking nacional coloca RS como segundo maior potencial para microgeração de energia solar. (fonte Gaúcha ZH)

No último mapeamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), o Rio Grande do Sul apareceu em segundo no ranking nacional de potência instalada em sistemas de microgeração e minigeração solar fotovoltaica. A classificação inclui residências, comércios, indústrias, produtores rurais e prédios públicos.

São mais de 50 megawatts aqui no Estado, que representam 14% do total do país. O primeiro lugar fica com Minas Gerais, com 78 megawatts no levantamento, mas com mais de 110 megawatts conforme a última atualização dos registros da Agência Nacional de Energia ElétricaNo caso do Rio Grande do Sul, já beira os 60 megawatts.

Quanto ao número de unidades geradoras, o Rio Grande do Sul tem 4,7 mil. Nesta comparação, fica em terceiro no ranking nacional, atrás de Minas Gerais e São Paulo.

Em potência instalada, os consumidores dos setores de comércio e serviços lideram o uso da energia solar, diz a Absolar. Já em número de sistemas instalados, os consumidores residenciais estão no topo da lista.

A redução no custo do sistema nos últimos anos tem impulsionado a geração de energia solar. Além disso, consumidores estão querendo fugir dos aumentos de dois dígitos na conta de luz. 

Fonte: https://gauchazh.clicrbs.com.br/colunistas/giane-guerra/noticia/2018/09/ranking-nacional-coloca-rs-com-segundo-maior-potencial-para-microgeracao-de-energia-solar-cjlza2t8002o701pxntrnntod.html